Arquivo por Autor

Por um mundo mais colorido

08/06/2009
As cores do arco-íris que irão vestir a Avenida Paulista

As cores do arco-íris que irão vestir a Avenida Paulista

As cores do ARCO-ÍRIS irão invadir novamente a avenida Paulista: no dia 14 de junho, próximo domingo, acontece a 13° Parada do Orgulho LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). O tema deste ano é “Sem Homofobia, Mais Cidadania – Pela isonomia dos direitos” em apoio à luta pela aprovação do projeto de lei que tornará crime a homofobia.

O percurso da parada terá início no Masp, às 12h, e os participantes serão conduzidos por diversos trios elétricos até a praça Roosevelt. Segundo a  APOGLBT , – Associação da Parada e do Orgulho de Gays Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transsexuais – organizadora do evento, são esperadas 3,5 milhões de pessoas.

Além da passeata, até o dia 19 de junho, serão realizadas palestras, feira cultural e diversos seminários. No Conjunto Nacional, nos dias 8, 9 e 10, 1 milhão de preservativos serão distribuidos e testes rápidos de HIV serão feitos gratuitamente. O atendimento estará aberto ao público das 10h às 19h.

Programação da Parada

Virada Cultural: Show Geraldo Azevedo

04/05/2009

Ás sete horas da noite do dia 2 de maio resolvemos: Vamos na Virada Cultural!  Eu queria ver o Balé da Cidade, que se apresentou no Vale do Anhagabaú e arrastei meu namorado e minha irmã foram comigo. O discurso foi perfeito “é cobertura para o blog, mas vai ser divertido”. O jornalismo não me deixa nem nas horas de lazer.

Perdemos o Balé…só vi de longe algumas bailarinas de branco saltando no ar acompanhando o ritmo de uma música que não se fazia escutar. Fomos para o show do Geraldo  Azevedo na avenida São João, onde iríamos encontrar um casal de amigos.

Quinze minutos antes do show conseguimos nos espremer, razoavelmente perto do palco, entre uma multidão e as árvores na calçada. Geraldo começou pontualmente às 21h sua apresentação e animou o público com algumas de suas canções: Disparada, Dia Branco, Bicho de 7 cabeças, O princípio do prazer, Sabiá, Dona da minha Cabeça e Moça Bonita.

O público, em coro, cantava junto com o músico pernambucano, que dedicou Moça Bonita para as mulheres presentes. “Eu vou cantar para as mulheres, por que pelos homens eu não me inspiro de jeito nenhum”, disse  muito simpático Geraldo.

Espremida e agarrada no meu namorado, pude ver, escondida em seu abraço, uma moça de olhos azuis chorando quando o flautista anunciou a   música Bicho de 7  Cabeças. Além da maravilhosa interpretação, neste momento, erguidos por um guindaste, malabaristas dançavam no ar conforme a melodia.

O primeiro andar do prédio ao lado do palco parecia um camarote, onde dançavam duas crianças e uma mulher com um bebê no colo; um homem escala a grade da loja para fotografar o músico, enquanto uma moça, de vinte e poucos anos, sobe na árvore e se agarra nos galhos, em busca da melhor vista do palco. E todos cantam e dançam, por que é impossível não se permitir contagiar.

Após 1 hora de apresentação, a música de encerramento, Taxi Lunar, deixou um gostinho de quero mais, e até mesmo o cantor gostaria de ter atendido o pedido de bis: “Já estão me avisando que é pra encerrar o show…”

O final da melhor parte da minha Virada foi pegar, à beira mar, um táxi pra estação lunar…

Táxi Lunar – Geraldo Azevedo

Virada à paulistana

01/05/2009

A 5° edição da Virada Cultural começa amanhã dia 2 de maio às 18 horas e vai até às 18 horas do dia seguinte. Serão 24 horas de apresentações de teatro, música, dança, além de exposições, cinema e perfomances circenses. E o melhor de tudo, todos os eventos são gratuitos.

Entre as variadas atrações a novidade fica por conta da apresentações de grupos franceses, já que 2009 é o ano da França no Brasil. Hoje, dia 1 de maio, às 22 horas, antes da largada para 24 horas multicultural, haverá o espetáculo do grupo francês Carabosse, no palco do Jardim da Luz. Música, vídeo e fogo fazem parte desta apresentação.

Para quem não está convencido em participar da Virada, os principais shows são de Maria Rita claro que eu vou, Zeca Baleiro, Tom Zé, Marcelo Camelo, Francis Hime, CPM22, Wando e Odair José. No site oficial da Virada é possível conferir todas as atrações dos centros culturais das regiões centro, norte, sul, leste e oeste. Também é possivel montar uma agenda pessoal com os eventos preferidos, explicando o endereço e como chegar. Dê preferência ao transporte público, que funcionará normalmente durante a madrugada.

Agora que o recado foi dado, é só aproveitar esse fim de semana especial. Depois conto como foi a minha virada!